Crisântemos para seu jardim dentro de casa

Crisântemos para seu jardim dentro de casa

Os crisântemos são chamados de flores douradas por sua beleza e ornamentação.

Essas flores são originárias da China, e ficam ótimas em seu jardim dentro de casa.

Apesar de ser conhecido pelas flores amarelas, também floresce azul, branco e rosa.

Os crisântemos são flores pequenas e vibrantes, além de fáceis de cultivar.

Se quer saber mais dicas sobre como plantá-los em seu jardim dentro de casa, continue conosco!

Replantio

crisântemo

É possível comprar mudas e botões de crisântemos em lojas de flores ou supermercados.

Se forem mudas, devem ser replantados com um espaço de quatro ou cinco centímetros.

É recomendável esperar um período de duas semanas antes de replantar crisântemos recém-florescidos.

Em canteiros, utilize um bom espaço. As raízes dos crisântemos são profundas.

Além disso, suas folhas podem chegar a 40 centímetros de cumprimento.

Dessa forma, garanta um solo com bastante nitrogênio no momento de replantar.

Vasos e jardineiras são, ambos, ideias para cultivar crisântemos em seu jardim dentro de casa.

Sugestão de leitura: 5 ideias de flores para seu jardim

Condições de crescimento

Idealmente, os crisântemos são flores de dias curtos.

Por isso, procure plantar próximo do inverno, para que floresçam bem.

No entanto, podem crescer de maneira razoável durante todo o ano.

Antes de começar a cultivar, se atente à espécie adquirida.

Alguns crisântemos podem chegar a altura de 1,30 metros, não sendo ideias para jardins dentro de casa.

Por isso, dê preferência para mudas caseiras, que crescem pouco mais de 0,30cm.

Deixe os brotos em espaços na sombra, com pouca incidência solar.

Um solo bem drenado e adubado é ideal para os crisântemos.

Ainda, utilize um borrifador para aguar as folhas, evitando encharcar as raízes.

Se atente para que as flores tenham espaço suficiente para crescer sem se sufocar.

Caso necessário, utilize mais de um vaso ou canteiro.

Cuidados com pragas

A principal causa de pragas no crisântemos é um solo pobre de nutrientes.

Pouco adubo ou matéria orgânica enfraquecem as folhas.

Assim, capriche na adubagem, além de trocar a terra quando notar um solo mais seco.

Se perceber folhas necrosadas, que não crescem e possuem manchas, é sinal de fraqueza.

Por outro lado, deformações e perda da coloração pode indicar predadores na planta.

Mantenha as folhas aparadas e utilize pesticidas indicados, não muito fortes.

Inclusive, receitas caseiras com boldo são indicadas para crisântemos.

Sugestão de leitura: Jardim Vertical na Cozinha sem Gastar Muito

Beleza sutil, mas vibrante

crisântemo

Por fim, os crisântemos são flores de cores vibrantes e atrativas, embora sejam simples.

De brotos pequenos, suas folhas crescem com maior velocidade.

De modo geral, essa flor pode ser considerada de grande porte.

Sua variação de cores em mudas para um jardim dentro de casa também atrai admiradores.

Para cultivar crisântemos, basta ter um bom terreno, de matéria orgânica e pouco úmido.

Essas flores são de dias curtos, florescendo melhor próximo ao inverno.

Ainda, não gostam de muito sol, então dê preferência para manter o canteiro na sombra.

Falta de nutrientes propiciam a queda de folhas e ataque de insetos, então apare sempre que possível.

Por isso, com muito espaço e cuidados adequados, os crisântemos se tornam perfeitos para um jardim dentro de casa.

Crisântemos para seu jardim

Gostou do artigo? Se sim, então deixe um comentário logo abaixo.