O que é um Jardim Botânico?

O que é um Jardim Botânico?

Um Jardim Botânico é um espaço dedicado ao cultivo de espécimes de plantas. Além do cultivo dessas espécies, é possível, também, abrir esse espaço para que o público posso visitar essas plantas.

Além disso, outra função do Jardim Botânico é a construção de coleções, não só de plantas, mas de sementes também. E é aqui que se concentra a maior importância desses espaços: a preservação de ecossistemas.  

Portanto, em meio ao atual cenário de descaso com o meio ambiente brasileiro, falar de preservação é um ato de resistência. Portanto, hoje iremos resistir pelo nosso ecossistema, e falaremos um pouco sobre os Jardins Botânicos espalhados pelo mundo.

Quem cuida do Jardim Botânico?

Como falamos anteriormente, os Jardins Botânicos são espaços direcionados a construção de uma coleção, e, por consequência, de preservação de espécies.

Sendo assim, é possível identificarmos em um jardim desse porte espécies de plantas de várias partes do mundo.

Para tanto, basta que o ambiente seja favorável ao seu desenvolvimento.

Para isso, para que todo esse sistema continue de pé, é preciso de alguém gerindo. Quem está no front da preservação dos Jardins Botânicos são as universidades e organizações de cunho científico.

Muitas vezes essas duas instituições estão também associadas a programas de taxonomia e sistemática. Essa parceria é de suma importância, pois, a partir delas é possível catalogar e nomear cada espécie do jardim.

Como surgiram os Jardins?

De acordo com os dados, o primeiro jardim botânico a surgir no mundo veio da China e do Egito. Há uma controvérsia se devemos ou não considerar os Jardins Suspensos da Babilônia como um dos primeiros Jardins Botânico…mas isso é conversa para outro texto.

Porém, o fato mais interessante desses primeiros jardins era o modo de coleta das plantas. Para isso, os coletadores de plantas eram enviados para longas distâncias para trouxessem consigo variedades da flora da localidade visitada.

Entretanto, nessa época havia uma restrição de que tipos de plantas poderiam ser coletadas, e replantadas no Jardim Botânico: só poderiam ser plantas com valor comercial ou plantas medicinais.

Contudo, com o desenvolvimento da ciência, os jardins foram tomando outros rumos, e se transformaram em um poço de conservação e educação, pois é desses espaços que boa parte da educação ambiental saí.

Jardins botânicos no mundo

Jardim Botânico Kirstenbosch – África do Sul

Jardim Botânico Kirstenbosch – África do Sul
Jardim Botânico Kirstenbosch – África do Sul

O Jardim Botânico da África do Sul tem uma extensão de 360 mil m². O jardim foi planejado para todos os visitantes, pois conta com uma forte construção de acessibilidade. Um exemplo disso é a Trilha em Braille.

Além disso, o jardim conta com uma passarela de 130m, cafés e milhões de evento que promovem a interação do público com o ambiente natural, tais com cinema ao ar livre, festas de natal e réveillon, dentre outras.

Jardim Botânico Montreal – Canadá

Jardim Botânico Montreal – Canadá
Jardim Botânico Montreal – Canadá

O Jardim Botânico do Canadá fica localizado em Montreal. Lá você irá encontrar 22 mil espécies de plantas, 10 estufas de exposição e 20 jardins temáticos.

Sendo assim, ao todo, o parque conta com 75 hectares para contemplação e muita educação.

É muito interessante a gente falar sobre os principais objetivos do espaços. Desde sua construção, realizada em 1931, o jardim tem como função conservar, desenvolver e apresentar diversas coleções de plantas.

Além disso, um dos seus objetivos basilares é a educação ambiental dos visitantes, principalmente no que se refere a preservação ambiental e o ensino da sustentabilidade.

Jardim Botânico The Royal Botanic – Londres

Jardim Botânico The Royal Botanic – Londres
Jardim Botânico The Royal Botanic – Londres

O terceiro Jardim Botânico da nossa lista fica localizado em Londres. Esse jardim é considerado pela UNESCO, desde 2003, como patrimônio mundial.

Aqui você irá encontrar um excelente paisagismo e muita pesquisa científica. Ao total, podemos encontra 27 mil espécies de plantas, sendo 14 mil só árvores.

Além disso, é possível observar uma ampla coleção de orquídeas.

Sendo assim, toda a localidade fica compreendida em 121 hectares

Considerações Finais

Nós conhecemos os Jardins Botânicos pela sua exuberância. Porém, a sua principal função, além do paisagismo, é a conservação das espécies, a promoção do conhecimento científica e educação ambiental.

Por isso, invista o seu tempo em conhecer os Jardins Botânicos da sua localidade.

Quer saber um pouco mais sobre Jardim Botânico?

Conheça nossa série de artigos!